Sejam bem-vindos ao Chris Hemsworth Brasil! Somos um site criado por fãs, sem fins lucrativos, com o objetivo de informar. Não temos contato com Chris Hemsworth ou seus agentes e é proibida a cópia total ou parcial deste site. Todo o conteúdo é creditado aos seus devidos criadores.

Amado por uns e (mais) odiado por outros, Thor: O Mundo Sombrio (2013), foi marcado por troca de atores, diretores, muitas refilmagens e insatisfação do elenco. O segundo filme do herói tentou trazer um clima mais clássico do personagem além de um dos vilões mais icônicos do universo do herói nos quadrinhos.


1.A DIRETORA

Patty Jenkins (Mulher Maravilha) chegou a ser anunciada na direção do longa. O anúncio tinha sido feito ao final de 2011, mas três meses após ter assinado com o estúdio, deixou a função alegando divergências criativas com os produtores. 

Patty Jenkins, de “Mulher-Maravilha”, conta que não quis dirigir “Liga da  Justiça” por ter “muitos personagens” – Categoria Nerd

Em uma entrevista para Vanity Fair, a diretora firmou que “ não acreditava que poderia fazer um bom filme com aquele roteiro que eles planejavam.” Continuou, “E iria parecer que foi minha culpa. Você não pode fazer filmes em que não acredita.”

Apesar da saia justa em ter abandonado a direção do filme, Jenkins elogiou a Marvel por terem chamado uma mulher para dirigir em uma época onde quase nenhum estúdio fazia isso.


2.O DIRETOR

No fim das contas, quem assumiu a direção foi Alan Taylor, que na época já tinha dirigido vários episódios de Game of Thrones. Thor: O mundo Sombrio foi um dos primeiros trabalhos do diretor para o cinema, que antes tinha dirigido mais séries para a TV.

Taylor, no entanto, trouxe alguns pontos interessantes para a trama. Ele aprofundou a estética asgardiana do primeiro filme e trouxe mais do Reino Dourado e dos outros reinos do universo de Thor. A ideia era principalmente aproximar Thor da estética medieval e viking, muito presente nos quadrinhos.

Contudo, o diretor detestou a experiência. Ele disse que, embora o estúdio tenha lhe dado controle total durante as filmagens, os executivos mudaram todo o filme no processo de refilmagens e pós-produção.


3.VERSÃO DO DIRETOR

Depois de liberada versão do SnyderCut de Liga da justiça e da boa recepção do público, o diretor Alan Taylor comentou que a fria recepção do segundo filme seria culpa da decisão do estúdio de mudar o tom do filme no meio da produção. E que se fosse possível, gostaria de apresentar sua versão.

Tom Hiddleston Fashion: Thor: The Dark World premiere in Berlin (2013)

Sobre isso o diretor comentou numa entrevista, “Eu concentrei toda a minha atenção em fazer um determinado filme e, em seguida, no processo de edição, foram tomadas decisões para mudá-lo muito”, diz Taylor, acrescentando que quando ele foi trazido para ao MCU seria para apresentar um visual um pouco de “Game of Thrones”. No final das contas, as interferências do estúdio acabaram levando o filme para um outro lado.

“Lamento que o filme lançado tenha mudado bastante”, conclui. “Tenho um grande carinho por algumas das coisas que sumiram no corte original.  Havia muita  coisa boa naquilo que era bonito para mim. ”


4.CLIMÃO NOS BASTIDORES

A atriz Natalie Portman (Jane Foster) não ficou nada feliz com a notícia da saída de Patty Jenkins. Ela tinha aceitado retornar para o projeto justamente por ele marcar a estreia de uma diretora mulher em uma adaptação dos quadrinhos.

How The MCU Can Revitalize Natalie Portman's Jane Foster In Thor: Love And  Thunder | Cinemablend

Após a saída de Jenkins da direção, ela chegou a ameaçar o estúdio, dizendo que abandonaria o longa. Ainda assim, ela continuou. Originalmente, Foster teria um papel muito maior, e seria consumida pelo Éter de forma que passaria a destruir áreas da Terra antes de ser impedida pelo Thor. Mas o papel foi drasticamente reduzido, e ela foi mais uma vez a donzela em perigo. Desde então, Portman sumiu do MCU (até ser re-anunciada em Thor: Amor e Trovão).


5.CHEGA DE PERUCA

Ao destrinchar Ragnarok vimos o quanto Chris Hemsworth odeia ter que colocar a peruca de Thor todos os dias. Nesse filme não foi diferente. Porém, ao invés de cortar o cabelo do herói, Chris Hemsworth deixou o próprio cabelo crescer.

Thor 2' director wants to make a 'Snyder Cut' of his Marvel movie

Além disso, a rotina de treinamento físico só se intensificou em relação ao primeiro filme, de forma que ele continuasse cada vez mais forte e parrudo para viver Thor Odinson. Um elemento que ele pôde trabalhar com mais fluidez foi seu timing para improvisar alguns diálogos entre uma ou outra cena no filme.


6.ACIDENTE NO SET

Mesmo com Loki preso durante o filme, a bruxa estava claramente solta durante a produção. Para piorar a situação, a atriz Jaime Alexander (Lady Sif) sofreu um acidente durante as filmagens. Na época a atriz revelou que o acidente foi um pouco mais grave do que se pensava a princípio, o que a afastou das gravações por 1 mês.

Na época a atriz comentou que escorregou e caiu de “um lugar muito alto” nas gravações. Em entrevista à MTV, em 2013, a atriz detalhou os ferimentos. “Tive hérnia de disco na coluna torácica, desloquei o ombro esquerdo, rasguei o [músculo] romboide direito e fraturei onze das vértebras”, contou.

Contudo, o tempo de tela como Lady Sif não diminuiu no filme por causa do acidente, apenas as gravações foram reorganizadas para cobrir sua ausência e depois retomá-las.


7.TROCA DE ATORES

Reparou em alguma coisa diferente nos Três Guerreiros? Isso porque o ator que interpretava Fandral foi substituído. Josh Dallas que deu vida ao personagem no primeiro filme não pôde voltar às gravações por conflitos de agenda com a série de TV “Once Upon a Time”. O PApel então foi dado a Zachary Levi (Shazam).

Na verdade, no primeiro filme do Thor, o papel já seria de Zachary Levi, mas ele estava ocupado com as filmagens da série Chuck, então foi substituído por Josh Dallas.


8.MUITOS MARTELOS

O poderoso martelo de Thor nesse filme é 10% maior do que no primeiro filme. O desenho do martelo é uma combinação daqueles usados em “Thor” e “Os Vingadores” e, ao todo, cerca de 30 martelos foram feitos para o Deus do Trovão. Todos eles tinham pesos e usos diferentes, de acordo com a necessidade das cenas. Cinco deles eram usados ​​regularmente no set.

I really love Thor's powers, because, he has a hammer and he is the master  of thunder and lightning. :D : r/Thor


9.A ESPOSA APARECEU

Elsa Pataky, esposa de Chris Hemsworth, também fez uma ponta no filme. Acontece que Natalie Portman não estava disponível para gravar a última cena, onde Thor volta para a Terra e reencontra Jane.

12 Insane Movie Details You Definitely Missed – Page 12

Chris Hemsworth disse que, na época, pediram pra ele escolher com qual atriz de uma lista pré-selecionada queria contracenar. Ele então disse, “Bom, minha esposa está bem ali, podemos trazê-la?”.

Natalie comentou sobre a cena:

“Foram novas gravações (depois que o filme estava finalizado) e ele estava filmando em Hong Kong e eu não pude ir até lá, pois estava trabalhando em minha própria produção”, disse a atriz. “Então eles colocaram a mulher dele, com uma peruca e figurino, por isso foi tão apaixonado.” Graças a truques de câmera, nenhum fã percebeu a mudança.


10.MAIS DEUS DA TRAPAÇA

Loki originalmente não teria muito espaço em Thor: O Mundo Sombrio. No roteiro inicial do filme sequer tinha o Deus da Trapaça em aparições físicas. Porém, após dois filmes com a participação de Loki (Thor e Vingadores) e ótima recepção do personagem pelo público, isso mudou.

THOR – O MUNDO SOMBRIO: CRÍTICA DO VAMBEBE | Vambebe

Por conta disso, o roteiro foi amplamente reescrito, e Loki foi incorporado de forma grande à trama. Curiosamente, o próprio Hiddleston se ofereceu para dirigir o filme, mas foi recusado pela Marvel Studios devido à sua fraca experiência fora das câmeras. Se isso foi só uma piada do ator ou se foi sério, ninguém sabe.


11.MUDANÇAS NO DESTINO

Ainda sobre o Loki, inicialmente a ideia era encerrar a história do trapaceiro ali mesmo. Mas acabaram decidindo que manteriam o personagem vivo. Na época, a decisão não agradou Hiddleston pois arruinava a ideia do “arco de redenção” do personagem, que foi ser completada muito depois em Ultimato.

Mundo Positivo » Thor 2 deixa de ser filme ruim graças à série Loki - Mundo  Positivo

O destino de Loki foi modificado depois que o filme foi exibido nos primeiros testes com público. A cena da morte de Loki em Svartalfheim foi escrita como uma morte definitiva, e tanto ele como Chris Hemsworth foram orientados para interpretar como uma cena autêntica. Afinal, seria a redenção de Loki, pois ajudou a salvar o irmão e Jane Foster e, nesse processo, se sacrificou.

Mas nas projeções de testes o público não aceitou isso, com uma resistência quase unânime, rejeitando o final. Diante disso, Kevin Feige (presidente da Marvel Studios) mudou o destino do personagem, ordenando um novo final, onde Loki não só estava vivo, como também conquistava o objetivo de ser o rei de Asgard.


12.JOSH WHEDON VOLTOU

O filme passou por várias transformações não apenas na direção, mas também no roteiro. Graças ao incrível sucesso que foi Vingadores (2012) Joss Whedon foi chamado para reescrever partes do roteiro e também dirigiu algumas refilmagens.


13.CHRIS EVANS

Chris Evans fez uma breve aparição quando Loki se transforma nele após Thor tirá-lo da prisão. Perguntado na época sobre essa participação, Chris Evans falou que “Foi algo espontâneo, não contou para o contrato…’’. Para fazer a cena o mais verídica possível, Tom Hiddleston vestiu o uniforme do Capitão Am´érica para mostrar a Chris Evans como seriam os trejeitos. Evans inclusive brincou na época, dizendo ter ficado com ciúme do seu uniforme.

‘’Aquele foi um momento estranho e surreal, mas ainda assim, divertido. Eles colocaram aquela cena de Chris e ele fez sua melhor imitação minha enquanto imitava ele, ele faz isso de forma brilhante’’, disse Tom Hiddleston.

Captain Loki God bless America! | Loki marvel, Loki, Captain america suit


14.O VILÃO

Malekith é o grande antagonista do filme. O personagem é rei da antiga raça dos Elfos Negros, velhos inimigos de Asgard e que, nas HQs, possuem o Cofre dos Antigos Invernos – que foi revelado no primeiro filme, embora em posse dos Gigantes de Gelo. Para o papel, foi considerado o ator dinamarquês Mads Mikkelsen, que posteriormente viveria o vilão Kaecilius em Doutor Estranho.

No fim, Christopher Eccleston foi chamado para o longa. Contudo, o vilão foi bem ofuscado pela presença de Loki, tendo cenas substituídas pelo Deus da Trapaça que diminuíram muito o tempo de tela de Malekith. No fim, Eccleston disse ter odiado o trabalho, tanto pela mecanização do personagem quanto pelas várias horas que tiveram em criar a maquiagem para o vilão.

Em uma entrevista feita alguns anos após o filme o ator desabafou sobre a experiência com o filme em entrevista ao programa de rádio de Graham Norton ‘‘No primeiro dia, foram oito horas na cadeira de maquiagem, depois conseguimos diminuir para seis horas e meia, não disseram que teria essa maquiagem toda.”


15.DIFILCULDADES CONCEITUAIS

Os artistas conceituais também tiveram sua parcela de sofrimento. Foram feitas mais de 300 artes conceituais diferentes antes do visual definitivo do exército dos Elfos Negros ser parovado.


16.REFERÊNCIAS

O filme talvez seja o que mais tenta trazer várias referências e easter-eggs da mitologia asgardiana das HQs, entre visual, batalhas e vilões. Uma delas está logo no começo do filme, onde Thor precisa enfrentar um gigante de pedra da raça Kronan. Na primeira aparição do herói nos quadrinhos, ele enfrentou invasores dessa raça alienígena, que inclusive é a mesma raça do Korg de Thor: Ragnarok.

Korg Appeared In The MCU Long Before 'Thor: Ragnarok'

E, embora essa referência tenha permanecido no filme, várias outras foram cortadas, já que o longa contaria com a participação de personagens como Balder, Valquíria e até mesmo Surtur, que foram removidos do esboço final do roteiro. Curiosamente, boa parte das ideias excluídas aqui, puderam ser reaproveitada no terceiro filme do personagem. 


17.BILHETERIA

Mesmo com algumas críticas menos empolgadas do que normalmente possuem os filmes do universo Marvel, Thor: O Mundo Sombrio conseguiu arrecadar bem mais do que o primeiro filme nas bilheterias, somando US$ 644 milhões mundialmente e, apesar das muitas indas e vindas, não gerou prejuízo no final.



22 de outubro 2013 Eventos Fernanda

Hoje, dia 22 de Outubro, foi a data da Premiere Mundial de Thor – The Dark World. O evento aconteceu em Londres, às 5:50h (2:50h aqui), e contou com a presença de Chris Hemsworth, Tom Hiddleston, Critopher Eccleston, Idris Ellba, Stellan Skarasgard, Natalie Portman, Kay Dennings,  Adewale Akinnuoye-Agbaje,  Joss Whedon, Alan Taylor e Kevin Feige.

A Marvel não liberou uma transmissão ao vivo, por tanto acompanhamos por imagens e pelo twitter oficial da Marvel.


triste
 

 

Confira agora algumas imagens da Premiere de Londres:


"Thor: The Dark World" - World Premiere - Inside Arrivals
 


"Thor: The Dark World" - World Premiere - Inside Arrivals
 


tumblr_mv32ypiKP11rhk2jbo4_500
 


"Thor: The Dark World" - World Premiere - Inside Arrivals
 

 

 

Mais imagens você encontra na nossa PÁGINA DO FACEBOOK (clique)



Finalmente a Marvel soltou o esperado segundo trailer de Thor: The Dark World, que foi exibido no dia 20 do mês passado na San Diego Comic-con. Ganhamos MUITOS spoilers sobre ele durante estes dias de espera, alguns que até assustam quem é fã do Deus do Trovão, mas o trailer surpreendeu a todos de tão lindo. Confira abaixo:

 

Durante o evento da SDCC foi dito que o Thor “supostamente” perderia um dos braços após uma traição do Loki, o que não foi exibido neste trailer. Fica a esperança de que seja mentira.

O elenco do filme junto ao produtor Craig Kyle, deram uma entrevista a Empire Magazine comentando sobre o que vemos no novo trailer. Confira:

“Esta é uma prisão construída pelo bisavô de Thor, Buri. Enquanto o exterior ainda parece muito antigo, o interior destas câmaras foi atualizado para guardar novas criaturas e animais. Do outro lado [do Loki], você vê Marauders [invasores dos Nove Reinos] e demônios.” Comenta Kyle sobre a cena acima.

Alan Taylor explica por que escolheu a Islândia para ser o lar dos Elfos Negros: “Eu era inflexível sobre ir para a Islândia e Inglaterra para tentar criar o clima que eu queria que o filme tivesse – esta verdadeira geografia e geologia e atmosfera”. E como vimos no trailer, o diretor de Game of Thrones parece querer “humanizar” ao máximo Thor: The Dark World, o que explicaria a cena do Heimdall, interpretado pelo ator Idris Elba, sem seu elmo enquanto conversa com Thor. Kyle afirma que, os fãs do guardião da cidade dourada e do próprio Idris irão ver uma verdadeira exploração do personagem nessa trama. “Tudo foi um pouco evoluído desde o primeiro filme – é um tempo diferente.”

Já o Tom nos deixa várias perguntas no ar: “Você pensa: ‘Bem, para onde agora? O que ele vai fazer? ‘Qual o nível de remorso que ele tem?” Pergunta Tom Hiddleston sobre Loki, o qual ele diz que gostou de fazer desta vez. “Se ele tem qualquer remorso ou arrependimento: por quê? Ele se sente culpado na frente de quem, e ele ri na cara de quem? Qual é a sua motivação? Se ele quer ganhar, o que ele quer ganhar? Assim como um personagem você tem todas essas novas motivações, mas como ator eu estou absolvido de ser o herói ou vilão – Eu sou apenas um fogo de artifício. E isso foi mais divertido do que eu possa te dizer”. Bem, notamos o quanto ele gostou de interpretar o gigante de gelo, certo?

E para quem acompanha Journey into Mystery, a saga do Deus Asgardiano nos quadrinhos, teve um Easter Egg no trailer.

Isso mesmo. O Homem de Pedra de Saturno. Thor já lutou com eles algumas vezes e Kyle afirma: “Para os meninos que têm lido há muito tempo ou sabem dessas coisas, é a cereja do bolo”.

A data do filme foi antecipada aqui no Brasil. Agora, o filme estreará no dia 1° de novembro aqui e isso, meus amigos, é uma vitória e tanto. Sem spoilers free, haha.

 

Fonte: Empire Magazine



al1

O Comic Book Movie revela que a Marvel Studios está muito descontente com Alan Taylor, o realizador de “Thor: The Dark World”. O site revela que o estúdio e o cineasta têm tido vários conflitos internos nos últimos meses, conflitos esses que foram provocados pelo facto dos executivos da Marvel Pictures não terem gostado nada de algumas opções criativas que o realizador tomou. A Marvel parece ter perdido finalmente a paciência com Taylor, já que o Comic Book Review revela que o estúdio tomou a decisão de o dispensar da montagem final desta segunda entrega cinematográfica de “Thor”. Esta dispensa ainda não é oficial, mas todos em Hollywood já sabem que a relação entre a Marvel e Alan Taylor já teve dias melhores. O que já é oficial é a dispensa do compositor Carter Burwell,como dito nesse post (clique)
Fonte



30 de maio 2013 Entrevistas Fernanda

Ray Stevenson, o intérprete de Volstagg, já nos falou um pouco sobre Thor – The Dark World e agora volta para falar novamente:

No primeiro ‘Thor’ Asgard teve essa tremenda paz entre os nove reinos. Eles estavam andando nas alturas. Tudo está funcionando e parecendo estar como deveria ser. Neste, os reinos estão sendo chicoteado em várias rebeliões. Há uma força maligna mais escura lá fora e estamos no processo de nos engajar em combates prolongados e longas batalhas. O esplendor e brilho da cidade foi retirado e tudo isso leva a um grande assalto, um ataque no coração de Asgard. Poderia ser completamente exterminada, as apostas são muito mais elevadas.

Fonte



23 de abril 2013 vídeos Fernanda

FINALMENTE!  Esse povo é até pontual, não acham? Dia 23, na lata \o Eu sou suspeita pra falar, mas achei muito lindo!! Então assistam logo esse negócio e falem por si mesmos!

 



Bem, semana passava rolava um boato de que o trailer de Thor – The Dark World poderia sair dia 23, na próxima Terça – Feira, no entanto, não tinha nada confirmado. Mas, para nossa alegria, Dia 18 o acessor da Marvel Ryan Penagos confirmou que nosso tão esperado trailer sairá nesta semana agora! Não sabemos se é extamente no dia 23, mas é possível que seja.

Além disso, nas minhas andanças, achei vários sites dando uma descrição do trailer do filme, vou colocar aqui, mas vou avisando QUE É UM SPOILER. Não temos certeza se é verdadeiro, mas não deixa de ser um. Então se você quer ficar realmente surpreso assistindo a ele, NÃO LEIA. Estão avisado. Lembrando que quem deu a descrição foi o presidente da Marvel International, Nigel Cook.

 

 

SPOILER:

 

“Isso começa com uma narração, é Thor, você vê algumas cenas de uma grande batalha e Jane Foster e outras pessoas correndo assustadas porque alguma coisa está “vindo”. Thor diz: ” Eu prometi que voltaria por você.” e nós vemos Thor chegando à Terra para levar Jane para Asgard.

Aparentemente as cenas são realmente maravilhosas, e o trailer mostra Thor fora da liga de Malekith, na verdade nós podemos ver um deus do trovão cansado e ‘danificado’. E já que ele não é pareo para o Elfo Negro, o poderoso vingador precisa buscar por ajuda. Isso nos conduz para ver uma cena onde há uma grande prisão de cristal e alguém sentado no chão. É Loki. Thor diz: Eu preciso de sua ajuda, mas se você me trair…Eu vou matar você. Loki sorri e pergunta: O que eu terei de fazer?

Então nós vemos outra cena em que Thor está lutando contra Malekith enquanto Jane assiste. Malekith parece ameaçador. Jane parece aterrorizada. Malekith olha para Jane e Thor grita: NOOOOOO! ”

 

CONCLUSÃO: VOU TER UM INFARTO VENDO ESSE FILME.

Fonte



27 de março 2013 Noticias Fernanda

Recentemente, o ator Chris O’Dowd revelou que irá fazer uma ponta em Thor – The Dark World. Sobre seu papel no filme, Chris explica que será apenas uma pequena cena e que ele jamais faria parte integralmente de um filme de super herói:

“Eu acho que farei uma “coisa” mais dramática e eu acho que eu tenho umas “coisas” saindo agora que também são mais dramáticas… Honestamente, eu não sei se eu deveria fazer um filme de comédia, porque eu não sei se eu consigo manter uma cara séria. Eu penso que é tão bobo! Eu adoro assistir esses filmes, mas eu não consigo me imaginar fazendo um deles. Na verdade, eu entrei só de brincadeira – porque não existia nenhuma chance de eu fazer parte de um filme de super herói – então eu fiz apenas uma cena no novo filme do “Thor”, por este motivo. Eu só faço uma cena, o que foi divertido.

Pelo Twitter, lá em Novembro, Chris O´Dowd já dava dicas sobre com quem iria contracenar:

Então hoje eu estou fazendo uma cena de encontro com a  Natalie Portman.

Pelo visto a Natalie Portman está tentando seguir com a vida romântica no segundo filme. Nada contra o Chris O’Dowd, mas a Portman consegue coisa melhor. O Slashfilm ainda questiona se ele não faria o papel do Donald Blake (justificando o encontro), mas como o ator informou que só faria uma cena, fica difícil pensar nessa hipótese.

Fonte



TODOS OS DIREITOS RESERVADOS • Layout por CHBR & codificado por Lannie D