Sejam bem-vindos ao Chris Hemsworth Brasil! Somos um site criado por fãs, sem fins lucrativos, com o objetivo de informar. Não temos contato com Chris Hemsworth ou seus agentes e é proibida a cópia total ou parcial deste site. Todo o conteúdo é creditado aos seus devidos criadores.

Essa semana Chris Hemsworth foi lançado oficialmente como Embaixador Global da BOSS, após cerca de 2 anos já representando parte da marca. Desde 2018, Chris Hemsworth era embaixador da fragrância BOSS Bottled e era o rosto da campanha Man of Today.

Agora, em 2021, Hemsworth se torna o primeiro embaixador global da marca e a BOSS explicou porque ele é a escolha perfeita:

Os tempos mudam, e com isso o que valorizamos e como vemos o sucesso. Com isso em mente, nós introduzimos Chris Hemsworth como o homem BOSS para uma nova geração. Através da sua carreira de duas décadas, o ator australiano tem se tornado uma inegável super estrela de Hollywood, e mesmo assim ele nunca se deixou ser definido só pelo seu trabalho. Sucesso para Hemsworth é a habilidade de levar a vida pelos seus próprios termos, com dedicação à família, amigos e paixão aos projetos sendo tão parte dessas coisas como em suas conquistas nas telas.

“Podemos passar nossas vidas inteiras tentando controlar o que é completamente fora do nosso controle. A única coisa que realmente controlamos é nossa perspectiva sobre as coisas.” – Chris Hemsworth

Quando Chris Hemsworth não está na tela, ele está criando três crianças com a esposa, Elsa Pataky, em Nova Gales do Sul, na Austrália. Chamar essa bela paisagem de casa permite a ele seguir sua paixão pelo ar livre e aproveitar ao máximo as ondas como um surfista ávido. Seu amor pela natureza também é revelado em seus anos de trabalho na luta pela proteção do meio ambiente, advogando pela conservação dos oceanos e iniciativas contra o aquecimento global. Além disso, ele apoia a proteção à infância como parte de muitas causas que ele defende. Isso e mais faz de Chris Hemsworth o arquétipo de homem BOSS, que está pronto para redefinir sucesso para o futuro.



Bobby Holland Hanton há anos trabalha como dublê de Chris Hemsworth e principalmente em Thor, fazendo as manobras do personagem desde “Thor: O Mundo Sombrio” (2013). Nesta segunda, porém, o dublê admitiu que tem ficado difícil acompanhar o ritmo – lê-se tamanho – do ator.

Leia também: Entrevista exclusiva com Bobby Holand Hanton

Ao conversar com o Nova’s Fitzy and Wippa, Bobby disse, “Todo mundo ta tipo, ‘nossa, olha o tamanho dele’ – Mas eu mando mensagem pra ele tipo, ‘muito obrigado cara, você acabou de tornar isso mais difícil!'”

Bobby confessa que o simples ato de comer para ele tem virado uma “tarefa”, porque ele tem que ganhar muitas calorias para aumentar e construir seu físico.

Ele disse que os dois precisam comer “sete refeições por dia no momento certo” para ganhar músculos e manter o tamanho necessário para Thor (e posteriormente Hulk Hogan).

“A cada duas horas nós estamos comendo. Se tornou um dever. É intenso, eu acabo não apreciando comer.”

“Ele está a maior versão do Thor que já foi, então eu também preciso estar maior do que jamais estive – o que é desafiador, mas tô dentro. Olha pra ele, ele é um homem montanha!”

O dublê ainda brinca dizendo que nunca consegue um seguro de vida devido a sua profissão arriscada, e toda vez que ele tenta, desligam na cara dele.

“Toda vez que digo que sou dublê, é só o telefone na cara,” ele ri.

“Eu tenho seguro em partes mas não é fácil conseguir. Eles também simplesmente não acreditam que você é dublê – Você tem que passar por toda essa conversa pra provar que você é!”

Desde 2012/13, Bobby e Chris têm estado juntos em muitos filmes, incluindo Os Vingadores, No Coração do Mar, O Caçador e a Rainha do Gelo e Resgate.

A relação profissional deles também se tornou um “bromance” de verdade, com Bobby passando tempo na casa de Chris, em Byron Bay, enquanto estavam filmando Thor: Ragnarok.

Ele recentemente descreveu Chris como “uma das pessoas mais legais que eu já conheci” e disse que Chris é da família.

Além da relação profissional nas grandes produções cinematoráficas, Bobby hoje também é uma dos técnicos do aplicativo fundado por Chris Hemsworth, o Centr.

Fonte



Como parte do Sunday Confidential, uma coluna do jornal australiano Daily Telegraph, foi revelado que Chris Hemsworth foi transportado de sua casa, em Byron Bay, para dar entrada em um hospital particular na Gold Coast após ter sofrido uma lesão aguda nas costas.

Não se sabe exatamente como aconteceu a lesão, no entanto, a super estrela da Marvel tem passado por uma transformação física muito pública recentemente, enquanto se preparava para filmar Thor 4 – agora em andamento em Sydney.

É sabido que médicos especialistas da Gold Coast administraram injeções de cortisona nas costas de Hemsworth para aliviar a dor intensa e o inchaço durante sua breve estadia no hospital. Ele teve alta após poucas horas e não pernoitou.

Questionada sobre porque Hemsworth foi forçado a buscar tratamento na Gold Coast e não no Byron Bay Hospital, uma fonte próxima ao ator disse que as instalações em Byron “não eram adequadas”.

“Para o que ele precisava, ele tinha que ir para a Gold Coast”, disse um espião. “Era um problema de dor especializado”.

Enquanto isso, um Hemsworth em forma e saudável está fazendo o que faz de melhor na capa brilhante da Men’s Health Australia a ser lançada na segunda-feira, quando a revista será relançada após seu fechamento em julho do ano passado.



Chris Hemsworth é a capa da edição de março da revista Men’s Health onde concedeu uma entrevista falando sobre a pandemia, usar seu poder para trazer as produções de seus filmes para a Austrália, sua preparação física para “Thor: Love and Thunder” e muito mais. Confira abaixo a matéria traduzida.

Chris Hemsworth está sentado no deque de sua propriedade no topo da colina, no interior de Byron Bay, olhando para o mar. Depois de uma semana de chuvas torrenciais e inundações, a exuberância do campo é um pouco mais densa, as colinas um verde mais verdejante. “Adoro a umidade pós-chuva, o frescor e a energia que ela dá à paisagem”, diz Hemsworth, enquanto os pássaros cantam ao fundo. “É lindo”.

Com as crianças saindo pela manhã para reserva natural próxima, o Castelo de Macadâmia, ele está animado com a possibilidade de ondas. Quando terminarmos de conversar, ele diz que provavelmente vai pular no oceano para surfar.

Para ser honesto, você ficaria desapontado se ele não fizesse isso. Este é Chris Hemsworth, o homem que incorpora sem esforço o ideal estético masculino australiano – cabelos dourados, olhos azuis penetrantes, físico ondulante, um vocal de Vader – e aquele que esculpiu uma versão moderna do sonho australiano – uma casa com vista para o mar na incrível Byron Bay. É melhor ele ir surfar.

Hemsworth criou esse paraíso australiano para si mesmo – tranquilamente, deliberadamente, precisamente – no processo de estabelecer um modelo invejável para a vida profissional. Navegue uma carreira em seus termos.

Trabalhar em casa. Estar perto de sua família. A maioria dos atores australianos – a maioria de nós – não tem a influência para fazer isso. Então, novamente, Hemsworth não é como a maioria de nós. Ele fez Hollywood vir até ele.

Ele acabou de terminar as filmagens em Gold Coast do thriller de ficção científica, Escape from Spiderhead (que deve ser lançado no Netflix ainda este ano). Em janeiro, ele começou a filmar o quarto filme de Thor em Sydney. “Isso seria em Atlanta ou no Reino Unido e eu estava me esforçando e dizendo: ‘Este é o melhor lugar do mundo para filmar’”, diz ele. “Isso foi pré-COVID. E então, eventualmente, eles disseram, ‘Ok, legal. Podemos fazer funcionar’”.

Foi tudo o que o pai de três filhos, de 37 anos, poderia esperar quando ele e sua esposa, Elsa Pataky, tomaram a ousada decisão de deixar Hollywood por Byron seis anos atrás. “Quando decidi me mudar para cá, foi tipo: ‘Bem, como você vai fazer isso funcionar com todas as viagens e assim por diante?’, e eu acho que meu instinto me disse que ia funcionar bem e então eu me apeguei nisso. E assim que eu meio que expus o cenário dos meus sonhos, pensei: ‘Por que ninguém mais gostaria de estar aqui?’ Temos tanta diversidade em nossa paisagem para se transformar em quase qualquer lugar do mundo e então há o quantidade de talento que está aqui”.

Uma pandemia global certamente não fazia parte desse cenário de sonho, mas com a Austrália relativamente incólume pelo COVID, pelo menos em comparação com outros países, isso apenas reforçou a necessidade de trabalhar localmente. “Sorte para todos nós que acabou assim, porque eu não acho que estaríamos filmando esses filmes se estivéssemos em outro lugar”, diz Hemsworth.

Mas, embora Hemsworth tenha a sorte de poder trabalhar em uma época em que muitas produções ao redor do mundo pararam, a pandemia o fez parar para refletir. Para refletir sobre sua vida, seu trabalho e alcançar uma realização crucial, uma que, dado o impulso irresistível que impulsiona sua carreira, ele pode não ter tido de outra forma: você realmente não pode controlar nada.

“Passei 15 anos olhando para o futuro longínquo sobre como seria minha carreira perfeita ou como queria que minha vida fosse”, diz ele. “E então eu chegava a esse ponto e então o ajustava rapidamente para um futuro mais distante e você continuava perdendo tudo. Podemos passar a vida inteira tentando controlar o que está completamente fora de nosso alcance. A única coisa que realmente podemos controlar é nossa perspectiva sobre as coisas”.

Esse é um conselho sólido para quem tem o hábito de perscrutar o horizonte, tentando impor sua vontade aos caprichos do destino ou à caixa de sombra com os caprichos do acaso.

Porque se você não parar para apreciar tudo o que conquistou, um sonho, talvez por definição, sempre ficará fora de alcance. Você não vai conseguir surfar.


No momento dessa matéria, Hemsworth estava se preparando para retornar ao personagem que definiu sua carreira e, em certa medida, seu corpo. Sim, a própria entrada do Sr. Universo de Asgard.

Você poderia perdoá-lo se a ideia dessa perspectiva e o trabalho envolvido provocassem um certo cansaço – Hugh Jackman falou sobre o esgotamento do treinamento para Wolverine no passado. Mas enquanto Hemsworth está descobrindo que ele precisa consumir mais calorias para sustentar seu sistema quando ele o está colocando sob estresse, no geral ele adora dar uma boa martelada em seu corpo.

“Meu corpo se desliga quando eu paro de malhar”, diz ele. “Eu simplesmente não me sinto bem. Eu gosto disso por alguns dias, então tudo começa a doer. Eu fico com dores e há inflamação, minhas costas estão rígidas. Estou bem ciente de que, para viver mais saudável e feliz, preciso continuar me movimentando”.

Por mais imperativo que seja para seu bem-estar físico e mental, no entanto, uma das razões pelas quais Hemsworth é capaz de manter seu entusiasmo pelo treinamento é que ele está constantemente misturando as coisas, procurando coisas que realmente gosta.

“Falo para muitas pessoas que dizem,‘ Oh, eu odeio treinar’. Eu fico tipo, ‘O que você faz?’ ‘Oh, eu apenas corro. Mas eu simplesmente não gosto de correr’. Eu fico tipo, ‘não corra então!’ Eu não corro. Eu faço muitas coisas diferentes. Você tem que ser um explorador no mundo fitness e dos exercícios e estar constantemente à procura de algo novo”.

A esse respeito, você poderia dizer que Hemsworth encontrou uma nova fronteira do fitness recentemente, trabalhando com o aventureiro britânico Ross Edgley no documentário Limitless da National Geographic.

“O seu lema é: ‘sorrir em face da adversidade’”, diz Hemsworth. “Ele vive e respira isso. Você não vai encontrar uma pessoa mais positiva, especialmente em um espaço onde você está fisicamente e emocionalmente sendo espancado. Ele é simplesmente um animal”.

Curiosamente, Edgley conseguiu ensinar a Hemsworth, alguém que sabe lidar com o ferro, uma ou duas coisas na academia.

“Eu senti como se tivesse visto e ouvido tudo”, diz ele com uma risada. “E eu comecei a treinar com ele e todo o meu mundo vira de cabeça para baixo”.

Na preparação para Thor: Love and Thunder, Hemsworth, Edgley e o treinador Luke Zocchi, começaram a aumentar a intensidade para outro nível novamente. “Estamos chocando o corpo além de onde ele foi chocado antes”, ele ri.



Estampando campanhas de marketing da linha de perfumes da Hugo Boss desde 2017, Chris Hemsworth atingiu um novo patamar: se tornou o primeiro embaixador global da marca Hugo Boss, segundo comunicado divulgado nessa segunda-feira, 11.

A partir deste ano, Chris Hemsworth será a primeira estrela de Hollywood a ser nomeado embaixador global da marca BOSS. Nessa função, ele será o rosto internacional da BOSS nas campanhas de moda mundiais planejadas para 2021 e 2022. Hemsworth já tem colaborado com a HUGO BOSS no icônico perfume BOSS Bottled desde 2017. Ao expandir esta parceria, o grupo está garantindo uma imagem da marca BOSS globalmente consistente que unirá vários grupos de produtos. As cooperações geradas também aumentarão ainda mais o apelo da marca.

Chris Hemsworth tem feito parte das campanhas de marketing dos perfumes da Hugo Boss desde 2017, mas agora ele também atuará como o embaixador global da marca de roupas. A primeira campanha com o ator de 37 anos está prevista para ser lançada nesta primavera.

“Sou um grande fã da BOSS há muito tempo, então estou muito feliz por agora representar as coleções da marca como embaixador global. Nossa parceria nos últimos anos tem sido absolutamente brilhante. Estou muito animado para trabalhar mais de perto com a equipe BOSS”, disse Chris Hemsworth.

Yves Müller, porta-voz do conselho de administração da HUGO BOSS AG, declarou: “Estamos orgulhosos de que, em Chris, conseguimos garantir uma estrela de classe mundial que se encaixa perfeitamente em nossa marca BOSS. Ele encarna uma visão contemporânea do sucesso e masculinidade. Chris exemplifica perfeitamente o homem moderno de hoje: autoconfiante, autêntico e acessível. Sua fama global aumentará ainda mais a atratividade da marca BOSS no futuro”.

Com a nomeação de Chris Hemsworth – um surfista apaixonado que simboliza um estilo de vida bem equilibrado – o Grupo está dando mais um passo em seu processo de casualização da marca BOSS. Isso também se refletirá na direção que a nova campanha tomará.

Além de sua carreira como ator, Chris Hemsworth é um ambientalista dedicado e estrategicamente aproveita sua popularidade para chamar a atenção para as mudanças climáticas e a proteção das espécies. Mais de 45 milhões de seguidores no Instagram demonstram que ele se tornou um modelo para as gerações mais jovens.

A primeira campanha com Chris Hemsworth será lançada na primavera de 2021. A parceria também terá o lançamento de uma coleção de cápsulas (coleção de roupas) para a BOSS com foco na sustentabilidade. Com esta coleção, a HUGO BOSS destaca seu papel de liderança como empresa sustentável na indústria têxtil.



Resgate” foi um grande sucesso da Netflix no início deste ano. Lançado em abril, o thriller de ação com os irmãos produtores Joe e Anthony Russo, e estrelado por Chris Hemsworth no papel de um mercenário, rapidamente se tornou o filme original da Netflix mais assistido na história do serviço de streaming. Os irmãos Russo anunciaram os planos de uma sequência (ou prequência) alguns meses após o lançamento do filme e agora finalmente temos um status de atualização de “Resgate 2”, bem como potenciais futuros outros filmes de um “universo Resgate” e início das gravações do segundo filme.

Durante o painel da CCXP, neste fim de semana, os irmãos Russo falaram sobre os projetos que estão sendo desenvolvidos sob a produtora deles, AGBO, assim como a sequência de Resgate. Joe Russo relutou em fornecer grandes detalhes, mas explicou um pouco do que eles têm em mente:

“Ainda não vou me comprometer porque eu gosto de surpreender as pessoas, mas direi o seguinte, estamos trabalhando na construção de um universo de filmes que poderia explorar alguns outros personagens do primeiro filme e alguns novos personagens, vendo a interação histórica dos personagens. Portanto, se você estiver interessado no personagem de David Harbour, talvez você o veja em um futuro filme de Resgate”.

O diretor de Resgate, Sam Hargrave e Joe Russo discutiram a possibilidade de uma prequência e sua empolgação com a química entre Harbor e Hemsworth em uma entrevista anterior com Steve Weintraub da Collider, incluindo detalhando a história de fundo que eles criaram para os dois personagens. A ideia de um filme no qual Harbour e Hemsworth ficam amigos e saem em alguma missão selvagem juntos elevou meus níveis de entusiasmo a níveis quase incontroláveis. Joe Russo continuou com algumas informações mais intrigantes, indicando que eles estão planejando aplicar sua magia MCU ao mundo de Resgate:

“Estamos tentando encontrar maneiras mais interessantes de contar essas histórias e fazer uma polinização cruzada. Somos grandes fãs de forjar novos caminhos na narrativa. Podemos voltar e avançar ao mesmo tempo? As coisas que aconteceram no passado podem afetar os filmes do presente? Quais são as novas maneiras de contar essas histórias? E podemos ver diferentes pontos de vista? Cada antagonista é o protagonista de sua própria história, então podemos ver seu ponto de vista? Como eles percebem o mundo? O que os torna empáticos? Acho que o que torna isso um elemento atraente para o universo de Resgate é que é uma franquia global que conta histórias globais, e gostaríamos de diversificar o ponto de vista nesses filmes”.

Um dos elementos mais interessantes do primeiro filme foi ver a história se desenrolar do ponto de vista do personagem de Hemsworth e do capanga-chefe do vilão (Randeep Hooda). Parece que os Russos pretendem continuar explorando essa narração de histórias, o que poderia produzir algum drama envolvente para equilibrar a ação hardcore. Finalmente, Joe Russo deu uma atualização sobre quando eles esperam começar a filmar a Resgate 2, que terá Hemsworth retornando como Tyler Rake:

“A intenção é começar a gravar Resgate 2 no outono que vem. Chris é um cara ocupado, então temos que verificar sua agenda, mas essa é a intenção no momento”.



Recentemente a primeira mentora e agente dos irmãos Hemsworth, Louise Talmadge, relembrou em conversa com o TV Tonight como os irmãos começaram a atuar e como foram descobertos.

Louise lembra de Luke Hemsworth, um rapaz trabalhador e o mais dedicado da turma nas aulas de atuação. “Alguém disse, ‘Ele parece um Brad Pitt, não é?'” Ela relembra. “Ele disse ‘Você devia ver meu irmão Chris’, então eu disse ‘vamos vê-lo!'”. E assim tudo começou.

Talmadge foi a primeira treinadora de atuação da família Hemsworth, Luke, seguido por Chris, Liam e a mãe Leonie. Foi no finals dos anos 90 quando Luke Hemsworth dirigiria da Ilha Phillip a Prahran para ir às aulas de teatro de Talmadge. A treinadora estadunidense era conhecida por sua honestidade e algumas vezes feedbacks brutais e a habilidade de encontrar a inteligência emocional para o sucesso.

“Ele costumava vir usando macacões de um trabalho que o deixava sujo. Luke era muito bom. Ele tinha muita habilidade natural, muito bom em comédia, o que infelizmente, não o vejo fazendo. É uma pena, porque ele realmente é muito bom nisso,” ela revela.

“Eles vinham da Ilha Phillip de noite, depois do trabalho. Todos eles tinham um medinho de mim porque eu os poria no inferno se eles não soubessem as falas. Mas os Hemsworths eram dedicados.”

“Chris era adolescente e tinha muito talento natural. O que ensinei a eles foram habilidades para as audições e confiança.”

Eventualmente os três garotos, mais a mãe Leonie, completaram os cursos de Intermediário e Avançado.

“Luke queria ser ator e eu acho que os irmãos fizeram isso porque ele estava fazendo,” ela reflete.

“Eu fiquei preocupada com o Liam porque ele tinha só 15 ou 16 anos e ele era muito alto. Um garoto bonito, mas muito alto. Eu lembro de dizer a sua mãe, ‘Ele pode não conseguir nenhum trabalho como uma pessoa jovem, porque diretores de elenco podem ser bobos. Eles acham que se um cara é jovem, ele tem que ser menor que seu pai… mas ele é muito bom. Ele ficaria bem quando chegasse em uma certa idade.”

Talmadge também lembra de recomendar os garotos para uma agente, que recusou, preferindo focar em alunos da NIDA (National Institute of Dramatic Art). “Ela se chutaria por ter perdido a chance de tê-los!”

Mas a agente Jennifer Hennessy, que veio para representar Luke Hemsworth, também lembra de ter conhecido seu irmão mais novo. “Eu lembro bem daquele dia que ele perguntou se seu irmão mais novo poderia vir para uma conversa. Eu perguntei como seu irmão era, e a resposta de Luke, com um sorriso atrevido, foi “mais alto e mais bonito”. Eu tinha uma grande opinião sobre Luke, então qualquer irmão com as mesmas qualidades era animador”, ela diz.

“Luke trouxe sue irmão ao escritório, ainda usando seu uniforme escolar, e Chris disse que ele queria dar uma chance para a atuação. Embora tenha sido uma reunião muito casual e descontraída, estava óbvio que ele – como seu irmão mais velho – estava levando a oportunidade muito a sério, o que não era comum pra sua idade.”

“Tanto Luke quanto Chris estudaram rápido sobre a indústria, seu lugar nela, e o que eles precisavam fazer para estarem constantemente crescendo nela. Você nunca teve que repetir coisas, eles sempre estavam disponíveis, eles seguiam cada conselho e agarraram cada oportunidade com um profissionalismo que você não vê muito nessa idade”

A diretora de elenco Lou Mitchell escalou Chris Hemsworth como ator convidado interpretado o Rei Arthur na série infantil Guinevere Jones, produzida por Lynn Bayonas.

“Ao invés de fazermos audições com crianças, algumas vezes costumamos dizer, ‘Você pode falar um pouco sobre você?’ e a coisa sobre os garotos Hemsworths é que eles sempre tinham boas histórias. Eles viveram e tiveram aventuras ao ar livre, então eles podiam sempre falar sobre surfar, acampar ou pescar ou fazer alguma coisa com a família deles, ela diz.

Mas a grande estreia deles se deu pelos papeis numa novela da rede Nine/BSykS, chamada The Coast.

Criada por John Hugginson e Ray Harding, era ambientada em uma vila de pescadores, filmada em Queenscliff. Produzida por Linda Klejus e Peter Beilby da Circa Media, tinham esperanças que poderia ser a resposta da Nine para Neighbours e Home & Away. E para os dois jovens Hemsworth, estava certo de que seria o primeiro papel deles.

“Nós escalamos Luke Hemsworth, eu acho que seu personagem se machucou no piloto, e escalamos Chris Hemsworth em uma outra família no programa, então eles não eram irmãos na novela,” Mitchell lembra.

“Chris ja tinha trabalhado com a gente em Guinevire Jones. Naquele mesmo ano nós colocamos ele como Marshall Law como interesse amoro para Lisa McCune em um episódio, e então nós colocamos ele em The Coast.

“O episódio piloto de The Coast foi muito bonito de ver. Foi uma época muito animadora para se estar na televisão. Todos nós esperávamos que iria pra frente.”

Entre os outros colegas de elenco, Liam Hemsworth também conseguiu um papel como conviaddo.

Enquanto os produtores entregaram vários episódios de 30 minutos como novela, os executivos do Nine também queriam ver o mesmo programa como um drama adulto de uma hora, solicitando uma reedição de outro piloto. Eventualmente a rede passou a série. Seria Home & Away que se tornaria o maior impulso de Chris Hemsworth, enquanto Luke ia para Neighbours.

O sucesso deles não surpreendeu Mitchell.

“De um ponto de vista de elenco, você sempre sabe quando alguém vai chegar a algum lugar. Foi apenas uma questão de tempo antes de alguém pegar Chris. Home & Away foi exatamente o que Chris precisava porque ele tinha muito carisma, mas ele precisava de ir pra essa fase de aprender trabalhando.”

Jennifer Hennessy, que mais tarde começou a própria agência,
não guarda rancor de ver o trio seguir em frente para o sucesso com outra representação.

“Luke, Chris e Liam se mudaram para outras agências quando comecei a minha , mas fui sortuda o suficiente para pegar Leonie e mais uma vez eu estava trabalhando com outra Hemsworth. Apesar do seu enorme sucesso, você nunca perde esse instinto de querer ajudar, guiar e proteger alguns atores que começaram com você… Os legais claro. Eu posso genuinamente dizer que você seria muito pressionado a achar uma família mais “normal” nessa indústria. O que você vê é o que você tem, e essa é provavelmente uma grande parte doa pelo deles, tanto aqui como nos EUA.”

Louise Talmadge é igualmente orgulhosa de suas estrelas.

“Chris, quando ganhou seu Logie, disse, ‘Eu quero agradecer à minha professora de teatro Louise Talmadge. Eu não estaria em pé aqui se não fosse por ela.’ Eu pensei, ‘Quão legal é isso?’ Atores normalmente gradecem a seus agentes, mas muitos atores não querem admitir que eles tiveram treino.”

Ela acrescentou, “Eu tenho ouvido falar um pouco de Luke. Quando Chris fez Thor eu disse, ‘Meu neto ama o Thor’. Chris me mandou um poster adorável dizendo, ‘Sua avó arrasa!”.



Pom Klementieff, a Mantis de Guardiões da Galáxia, apareceu para fazer humor e piadas com a cara de Chris Hemsworth. A atriz participou de um clipe com uma música que ela e Simon Pegg compuseram “falando mal” de Hemsworth, como parte da boa e saudável rivalidade entre times dentro da liga de futebol fantasia da AGBO (AGBO Superhero League), produtora dos Irmãos Russo. Até Tom Cruise apareceu pra dar o ar da graça, já que ele está filmando Missão Impossível 7 com Klementieff na Itália.

Desde que entrou para a liga, Chris Hemsworth vem ganhando destaque, tendo sido o campeão da primeira temporada. A liga tem como objetivo principal arrecadar fundos para a caridade: Cada ator (entre muitos colegas Vingadores) compete por uma organização.

No caso de Chris Hemsworth, ele compete pela Australian Childhood Foundation, fundação onde é embaixador desde 2013 e que trabalha na recuperação de crianças que sofreram algum tipo de abuso. Com a vitória da primeira temporada da liga, Hemsworth arrecadou 19 mil dólares para a fundação, quase 103 mil reais.



TODOS OS DIREITOS RESERVADOS • Layout por CHBR & codificado por Lannie D