Sejam bem-vindos ao Chris Hemsworth Brasil! Somos um site criado por fãs, sem fins lucrativos, com o objetivo de informar. Não temos contato com Chris Hemsworth ou seus agentes e é proibida a cópia total ou parcial deste site. Todo o conteúdo é creditado aos seus devidos criadores.

Fonte: EW
Tradução e adaptação: Equipe CHBR.

Thor pode ser o deus do trovão e do relâmpago, mas quando se trata de sua vida amorosa, as faíscas não estão exatamente voando. O super-herói de cabelos dourados interpretado por Chris Hemsworth cresceu bastante desde que pousou na Terra em sua estreia no MCU em 2011. Ele salvou o universo inúmeras vezes, ele cresceu mais confiante como guerreiro e líder, ele até reconstituiu seu relacionamento conturbado com seu irmão (embora ele ainda não tenha perdoado Loki pela coisa da cobra).

Mas em Thor: Amor e Trovão que chega aos cinemas brasileiros no dia 7 de julho, nosso herói hercúleo ainda está incerto, ansiando por encontrar seu propósito neste universo amplo e caótico. E quando um rosto familiar retorna, empunhando um martelo igualmente familiar, Thor se vê enfrentando uma ameaça ainda mais mortal que Hela ou Thanos: um romance.

Amor e Trovão é o quarto filme solo de Thor, e pode ser sua aventura mais ambiciosa até agora. O diretor Taika Waititi ajudou a revigorar o herói asgardiano com o delicioso Thor: Ragnarok de 2017, e quando ele começou a pensar em uma sequência, tudo o que sabia era que queria empurrar o personagem para um território ainda mais inesperado.

“O que eu não queria era apenas fazer Ragnarok novamente, porque isso já foi feito”, disse Waititi à EW. “Eu precisava fazer algo mais interessante para mim mesmo para manter a coisa toda acesa e ter certeza de que estou me sentindo criativamente estimulado. Eu pensei, qual é a coisa menos esperada com essa franquia?”.

A resposta acabou sendo amor. Amor e Trovão é constituido de parte da extravagância dos super-heróis e parte comédia romântica, reunindo Thor com sua ex-namorada astrofísica Jane Foster (Natalie Portman). Desde que os dois se separaram, Jane provou ser digna de carregar o Mjölnir e assumiu o manto da Poderosa Thor. Ela se tornou uma heroína por direito próprio, com os músculos e cabelos loiros esvoaçantes para provar isso. (O filme em si se inspira nos influentes quadrinhos Mighty Thor de Jason Aaron e Russell Dauterman, que primeiro apresentaram Jane como uma heroína empunhando o martelo).

Boa parte de Amor e Trovão se baseia na última aparição de Thor em Vingadores: Ultimato, que encontrou o príncipe Asgardiano lutando contra a culpa e a dúvida. Em última análise, ele e seus colegas Vingadores triunfaram em sua batalha contra Thanos, mas parte dessa incerteza ainda permanece.

“Ragnarok parecia uma festa”, explica Waititi. “Foi bastante festivo. Este ainda é divertido, e tem momentos de exagero, mas tematicamente, é sobre algo um pouco mais profundo do que o último filme. Não é um filme sério e não é um drama, mas nós lidamos com ideias com as quais eu acho que muitos humanos lidam – temas universais sobre amor, perda e nosso lugar no mundo. Todo mundo meio que faz essa pergunta no filme: Qual é o seu propósito? Qual é a razão pela qual você é um herói e o que você faz quando tem esses poderes?”.

“É meio como um filme de crise de meia-idade, na verdade”, acrescenta Waititi. “Essa é a pergunta que fazemos a todos: estamos fazendo a coisa certa e estamos fazendo tudo o que podemos no mundo? Acho que agora, enquanto o mundo ainda está se recuperando dessa pandemia, é uma boa pergunta a ser feita. Tipo, ‘bem, estamos fazendo o suficiente para cuidar uns dos outros e cuidar de nós mesmos’?”.

Enquanto Thor procura por auto-realização, Jane não é o único rosto familiar que ele encontra. O próprio Waititi está de volta como o monstro do rock Korg, enquanto a Valquíria de Tessa Thompson abraçou seu novo papel como Rei de Asgard, governando o pequeno reino que seu povo fundou depois que o reino original foi destruído. De certa forma, segundo Waititi, Valquíria está prosperando como rei, mas passar do campo de batalha para a burocracia exigiu alguns ajustes. “Ela tem que fazer todas as coisas que eles nunca falam quando normalmente você tem que governar um povo, que é lidar com toda a infraestrutura, descobrir a economia e receber a visita de políticos de outros países”, explica ele. “Então, ela está gastando muito tempo sem lutar, e todas as suas novas batalhas têm a ver com governar seu povo”.

Amor e Trovão também apresenta vários recém-chegados, embora o diretor seja mais discreto sobre seus papéis. Christian Bale está interpretando o nefasto Gorr, carniceiro dos deuses, e Waititi elogia o desempenho de Bale, chamando-o de “muito formidável”. “Pessoalmente, acho que ele é provavelmente um dos melhores vilões que a Marvel teve em seus filmes”, acrescenta Waititi. “Ele é muito versátil”.

Waititi é ainda mais reservado sobre o papel de Russell Crowe como o deus Zeus, mas provoca que Crowe desempenha o papel de “uma maneira que você nunca viu Russell antes”.

“Considero Russell um amigo e esqueço que tenho alguns amigos que são realmente incríveis no que fazem”, diz Waititi com uma risada. “Quando eu estava no set com Russell, eu estava tipo, ‘Oh merda, isso mesmo! Você é Russell Crowe! Você é um ator realmente incrível!'”.

Se Ragnarok foi uma ópera espacial inspirada nos anos 70, Amor e Trovão tem uma vibe de aventura mais dos anos 80. Visualmente, Waititi diz que algumas de suas maiores influências foram “posters de filmes de coisas como Conan ou Beastmaster e a arte extravagante que você vê em vans em Venice Beach”. Mas, em última análise, ele diz que seu principal objetivo era entregar uma sequência tão grande, ousada e hilária quanto Ragnarok – se não maior.

“Acho que a maior diferença seria que foi minha primeira vez jogando no poço de areia da Marvel em Ragnarok”, diz Waititi. “Neste aqui, senti que tenho um pouco mais de experiência e sabia como filmar com muito mais eficiência”. E ele sabe que, às vezes, um raio pode cair duas vezes no mesmo lugar.



O quarto filme da trilogia de Thor recebeu o nome “Thor: Amor e Trovão” (Thor: Love and Thunder) e pelo jeito não foi atoa. Em entrevista à Empire, Taika Waititi, diretor e corroterista do filme, pareceu um tanto confiante sobre seu trabalho e das suas escolhas.

“É um filme fantástico,” disse Waititi. “Eu não tento controlar meus filmes, ou como eles vão sair,” ele explica. “Eu meio que deixo eles aparecerem para mim. E com esse filme, eu estou tipo, ‘Ei, você é mais legal do que o que eu estava esperando fazer de início.’ Quanto ao tom, está exatamente onde eu sempre quis.”

O objetivo dessa vez, ele diz, era “um filme sobre amor, com super-heróis e no espaço. Eu queria abraçar essa coisa que eu sempre fui um pouco desdenhoso, e explorar essa ideia de amor, e mostrar personagens que acreditam no amor,” diz Waititi. “No papel, parece meio constrangedor pra mim, mas tem um jeito de fazer isso com personagens legais fazendo um filme legal, e ainda tendo uma coisa que nenhum fã quer num filme de super herói, que é pessoas falando sobre amor, e personagens se beijando.”

Como sempre, nem tudo é o que esperamos, e aparentemente isso também inclui a natureza do romance aqui. “Eu acho que a maioria das pessoas vai assumir que a história de amor é entre Chris [Hemsworth] e Natalie [Portman]. Eu não posso prometer que o que as pessoas pensam que vai acontecer nesse filme vai acontecer.” Finaliza.

Thor: Amor e Trovão chega aos cinemas brasileiros dia 07 de Julho de 2022.



Um dos assuntos mais comentados quando se fala de Thor: Amor e Trovão (Thor: Love and Thunder) tem sido o retorno de Natalie Portman como Jane Foster após 8 anos da gravação do último filme em 2013. No quarto filme do Deus do Trovão, Jane se torna digna de empunhar o Mjölnir e se torna a Poderosa Thor.

Em entrevista para a Empire, Taika Waititi, diretor, diz que não será uma mudança fácil para Thor lidar, principalmente porque ele e Jane terminaram desde Thor: Ragnarok e, pelo que vimos em Vingadores: Ultimato, ele não havia superado totalmente. “Foram mais ou menos 8 anos,” Waititi disse à Empire, “Ela tem uma outra nova vida, e então o amor da sua vida aparece de novo, e está vestida como você. É uma verdadeira confusão para Thor”.



Como exatamente Jane Foster se tornará a Poderosa Thor permanece um mistério, mas a história é baseada no arco de Jason Aaron “A Poderosa Thor”, que começou em 2015. “Eu não sabia que iríamos usar a história da personagem da Poderosa Thor até quando começamos a trabalhar na história de verdade.” Diz Waititi. “Eu estava escrevendo e estava tipo, ‘Não seria legal trazer a Jane de volta para a história?'”. Mas o diretor não queria repetir a mesma coisa de antes. “Você não quer a Natalie voltando e interpretando a mesma personagem que fica andando por aí com equipamento científico. Você sabe, enquanto Thor está voando por aí, ela é deixada na Terra, batendo o pé tipo ‘Quando ele vai voltar?’ Isso é chato. Você quer que ela seja parte da aventura.”

E claro, como esse é um filme de Taika Waititi, podemos esperar sua marca registrada, que é o humor excêntrico, também envolver Jane assim como seus novos poderes recém descobertos. “A Natalie é muito engraçada na vida real. Ela é meio pateta e tem um senso de humor muito bom, e eu não acho que isso foi explorado muito bem nos filmes anteriores.” Diz Waititi.

Thor: Amor e Trovão chega aos cinemas brasileiros dia 07 de Julho de 2022.



Quase dois anos após seu anúncio, o filme “Escape From Spiderhead”, que agora recebeu o nome oficial de “Spiderhead”, finalmente ganhou uma data de estreia: dia 17 de junho de 2022. A novidade foi divulgada na manhã dessa quinta-feira juntamente com uma entrevista com o diretor Joseph Kosinski e o ator Milles Teller onde foram contadas novidades sobre o filme. Confira abaixo todos os detalhes divulgados.

Na trama de ficção científica da Netflix Chris Hemsworth interpreta o protagonista Steve Abnesti, um cientista que testa drogas em condenados numa remota e moderna penitenciária. A reviravolta: as drogas dramaticamente e imediatamente alteram o humor e as habilidades dos presos. O problema: nem todas as emoções realçadas pelos experimentos de Abnesti são positivas.

“Ele é o visionário genial por trás de todo o programa Spiderhead”, diz o diretor Joseph Kosinski sobre o personagem de Hemsworth. “Ele tem intenções nobres, mas há coisas mais obscuras à espreita por baixo da superfície com ele”

Entre os detentos da prisão está Jeff, interpretado por Miles Teller. “Ele é um cara que está lidando com um erro que ele cometeu em seu passado e tentando descobrir como ir além disso”, diz Kosinski, que também se uniu com Telles em “Only the Brave” (2017) e no próximo “Top Gun: Maverick”.

“Jeff trabalha em estreita colaboração, e meio que forma uma amizade com, Abnesti”, diz Teller. “Eu queria retratar esse sentimeto de confiança no começo para ajudar a mostrar que há uma verdadeira seriedade e sinceridade na parte de Abnesti para ajudar a todos. Ele gosta de Jeff, e acho que a dinâmica deles é realmente divertida de assistir”.

Felizmente, interpretar o cobaia encarcerado de Abnesti não deixou um gosto ruim em sua boca quando se trata do ator australiano.

“Ele tinha uma grande carga de trabalho neste filme”, diz Teller. “Sua agenda só permitiu que ele filmasse por algumas semanas e a Abnesti tinha muitos diálogos. Então eu fiquei muito impressionado com sua capacidade de saber todas as falas, aparecer a tempo, todas as regras do envolvimento adequado”.

A atriz de Lovecraft Country Jurnee Smollett interpreta outra detenta, Lizzy.

“Ela tem um passado mais misterioso”, diz o diretor. “Ela é atraída por Jeff, e eles têm um relacionamento muito próximo, mas onde ele meio que veste seu coração na manga, ela esconde sua dor com uma persona alegre”.

Escrito por Rhett Reese e Paul Wernick (cujos créditos incluem Zombieland e Deadpool), “Spiderhead” é baseado no novo historário de George Saunders “Escape from Spiderhead”. O filme apresenta uma trilha sonora com alguns dos hits pop favoritos de Abnesti, incluindo “She Blinded Me With Science” de Thomas Dolby e “You Make My Dreams” de Hall & Oates, com as músicas otimistas que atuam como um contraponto para os acontecimentos sinistros na tela.

“A ideia da trilha sonora veio enquanto eu estava sentado em uma cadeira de dentista”, diz Kosinski. “Eu estava ouvindo algo como Christopher Cross enquanto perfuravam o meu dente. Parecia interessante para Abnesti criar este ar relaxante e de paz em uma instalação que está fazendo algo muito mais sinistro”.

O elenco de Spiderhead também inclui Mark Paguio, Tess Haubrich, Angie Milliken e Stephen Tongun.



Foram muitas segundas-feiras de pura apreensão e ansiedade e muitos boatos de uma possível data, mas finalmente podemos dizer: O trailer de Thor: Amor e Trovão saiu!



Com muito foco em Thor e uma fotografia lindíssima, o trailer nos deu um gostinho do que está vindo por aí. Segundo uma sinopse feita pelo entrevistador Erik Davis (Fandango), o filme mostra Thor em uma jornada diferente de tudo que ele já enfrentou – A busca pela paz interior. Porém, sua aposentadoria é interrompida por Gorr, o Carniceiro dos Deuses (Christian Bale), que busca a extinção de todos os deuses. Para combater a ameaça, Thor (Chris Hemsworth) conta com a ajuda de Rei Valquíria (Tessa Thompson), Korg (Taika Waititi) e sua ex-namorada Jane Foster (Natalie Portman), que – para a surpresa de Thor – inexplicavelmente empunha seu martelo mágico, Mjölnir, como a Poderosa Thor. Juntos, eles embargam numa aventura angustiante para descobri o mistério da vingança de Gorr e parar ele, antes que seja tarde demais.

Além do trailer, também fomos agraciados com o primeiro poster oficial do filme, lindíssimo por sinal.



Thor: Amor e Trovão chega aos cinemas dia 08 de Julho de 2022.



Um fã site é construído a muitas mãos e, se você é apaixonade pelo Chris Hemsworth, essa pode ser sua chance de expressar toda sua admiração e amor por ele!


Vagas

Legender
Traduzir e legendar vídeos.
Requisitos Inglês avançado, conhecimento em algum software de edição de vídeo, ter +18 anos, proatividade e disponibilidade.

Tradutor
Traduzir conteúdo em texto e apoiar o legender com tradução de vídeos.
Requisitos Inglês avançado, boa escrita, ter +18 anos, proatividade e disponibilidade.

Giphy
Fazer gifs originais a partir de vídeos.
Requisitos Conhecimento em photoshop ou outro software de edição, ter +18 anos, proatividade e disponibilidade.


Se interessou por alguma vaga?
Então clique aqui e preencha nosso formulário para se candidatar.


ATENÇÃO: O Chris Hemsworth Brasil é um site feito por fãs e sem fins lucrativos. Nosso trabalho é voluntário e não oferecemos pagamento em dinheiro.



Estamos a menos de 100 dias de Thor: Amor e Trovão (Thor: Love and Thunder) e finalmente começamos a ver o início de uma divulgação oficial que não está baseada em vazamentos de insiders.

Embora ainda não tenhamos um trailer para o longa, Chris Hemsworth anunciou em seu Instagram o começo da press tour do quarto filme do Deus do Trovão em uma foto com o diretor Taika Waititi e Tessa Thompson (Valquíria), em Los Angeles.

“Uma longa conferência introdutória para Thor: Amor e Trovão ao lado desses dois humanos maravilhosos. Um dia cheio de maluquice e hilaridade. Se preparem pessoal, esse filme vai ser louco!!”, disse Chris Hemsworth na legenda do post.

Preparados? Esperamos ver em breve o resultado deste dia!



Depois de um deserto escaldante com pouquíssimas notícias de Thor: Amor e Trovão (Thor: Love and Thunder), e há menos de 4 meses da estreia do filme (8 de Julho), um possível vazamento pode revelar alguns detalhe da trama para os fãs sedentos.

Dizemos “possível” pois não se sabe a veracidade do vazamento que, segundo o Screen Geek, foi divulgado no 4Chan.


// INÍCIO DO SPOILER //


Segundo a fonte, Gorr não irá polpar personagens importantes que aprendemos a gostar na trilogia . Dentre eles estariam o Grão-Mestre (Jeff Goldblum), Lady Sif (Jamie Alexander) e Korg (Taika Waititi), assim como os atores de Asgard que retornarão para encenar um nova peça como a vista em Thor: Ragnarok; O Loki de Matt Damon, o Thor de Luke Hemsworth, a Hela de Melissa McCarthy e o Odin de Sam Neill.

O vazamento ainda continua, dizendo que Thor lutaria contra Gorr para impedi-lo de matar Mantis e Nebula, que tiveram participação confirmada junto com o resto dos Guardiões da Galáxia. Porém, Drax ajudaria a salvar as duas e Thor continuaria lutando contra Gorr. Ao final da luta, Thor perceberia que não consegue derrotar Gorr (algo recorrente nos quadrinhos com o carniceiro) e irá recuar.


// FIM DO SPOILER //


Como dito, este vazamento é um rumor e não devemos tomar como verdade absoluta ainda. Porém, Gorr, o Carniceiro dos Deuses, com certeza seria capaz disso e muito mais se sua contraparte cinematográfica se comparar a dos quadrinhos.

Esperamos que Gorr seja o vilão que merece o (provável) final da quadrilogia de Thor. Recentemente foi reportado que Christian Bale (Gorr) está refilmando algumas cenas para o filme na Califórnia. Este pode ser, inclusive, um dos motivos para o atraso do trailer.



TODOS OS DIREITOS RESERVADOS • Layout por CHBR & codificado por Lannie D