Carismático, simpático e famoso. Mas ainda tem espaço pra alguma timidez. Em entrevista exclusiva à GQ Brasil ele confessou ter demorado a se acostumar com entrevistas e falou sobre preparo físico, o futuro de Thor e sobre ser pai.

Confira a entrevista completa para a GQ Brasil:

GQ Brasil: Você sempre cuidou do seu corpo e mente ou começou antes de encarar o Thor nos cinemas?

CH: Eu sempre tive consciência do cuidado com o corpo. Meus pais sempre apoiaram uma alimentação saudável e a prática de exercícios. Tivemos muita sorte de ter uma infância fora de casa com esporte, sabe? Então, quando precisei me preparar para o Thor, foi “fácil”. Eu tenho uma memória muscular muito grande, mas tive que me reeducar para o Thor porque é diferente, né? Foi maravilhoso ter essa educação. Eu consegui mudar meu corpo de uma forma saudável.

GQ Brasil: Você tem um app fitness, né?

CH: Sim! É muito legal ter a oportunidade de juntar as pesquisas e conhecimentos de pessoas com quem treinei e que conheci durante todos esses anos em um aplicativo e poder compartilhar isso com as pessoas. A combinação de mental fitnessmental awareness e nutrição… eles se complementam. Uma das coisas mais recompensadoras é ver as pessoas falando que isso mudou a vida delas. 

GQ Brasil: Vingadores acabou (até onde sabemos). O que podemos esperar do Chris (ou do Thor) nos próximos anos?

CH: Quando terminei o Vingadores, eu tirei um tempo pra mim, pra ficar com a minha família em casa e foi maravilhoso. Nós vamos começar a gravar um novo filme do Thor ano que vem e eu estou super ansioso. Não me senti exausto, fiquei super feliz! Eu estou tentando fazer coisas novas, olhando para personagens que ainda não tive a oportunidade de fazer ainda. Pra mim é uma constante busca de me colocar fora da zona de conforto e manter meus olhos abertos e aceitar os desafios. Tento não controlar o processo e deixo a vida me levar. Se você me perguntasse há 10 anos atras como eu imaginava a minha carreira dos sonhos, seria a que estou tendo agora. Então, tenho muita gratidão.

GQ Brasil: Este ano você disse à Ellen Degeneres que tem medo de talk shows. Você é um cara tímido?

CH: Olha…acho que demorei alguns anos pra me acostumar com entrevistas na televisão porque você nunca sabe o que vão te perguntar e você tem apenas 5 ou 6 minutos para responder, ser simpático e charmoso (risos). Você tem que estar disposto a aceitar o que vai acontecer e não tentar manipular nada.

GQ Brasil: Você tem três filhos, certo? Qual foi o momento de impacto em que percebeu que tinha se tornado pai?

CH: Acho que há 4 ou 5 anos atrás. Eu estava no auge da minha carreira e cuidando de três filhos. E a gente tentava sobreviver (risos). Agora é super legal porque estou trabalhando menos. Você tem que dar o seu melhor. Não tem como forçar nada. Cada um deles tem sua personalidade. É maravilhoso! Quanto mais velho eles ficam, mais colaborativa fica a minha interação com eles, brincando juntos e coisas do tipo, e isso é muito especial.

GQ Brasil: Você é o novo rosto da BOSS Bottled da Hugo Boss. Qual cheiro te lembra a infância?

CH: Hmm..acho que o cheiro de mato. Eu cresci surfando bastante e o aroma me lembra andando pela trilha até chegar à praia.

GQ Brasil: E qual é o cheiro mais sexy no mundo?

CH: O da minha mulher, com certeza!

Fonte